Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

11

Outubro

18

Digital Design

8 dicas para seres um Digital Product Designer de sucesso

A par da evolução e acessibilidade da tecnologia, surgiu a necessidade de criar mais e melhores produtos digitais e, neste sentido, o Digital Product Design torna-se uma aposta crucial, no desenho dos mesmos. O objetivo será sempre o de fornecer experiências que resolvam os problemas e necessidades reais dos utilizadores.

É neste contexto que Vadim Grin, Senior Product Designer na Groupon, em Berlim, partilha na plataforma Medium dicas bastante relevantes para se atingir o sucesso na área do Digital Product Design. Apresentamos alguns desses pontos:

Foco no produto e não no design

O Digital Product Designer, ao fornecer experiências inteligentes através de visuais elegantes e sensações agradáveis para os utilizadores finais, deve sempre considerar uma parte importante, que irá ditar requisitos e expectativas em relação ao desenho do produto: o negócio.

Com o foco no aumento da eficácia e retorno, cada empresa tenta produzir o melhor resultado dentro de prazos curtos e com recursos mínimos. Por isso, é importante perceber o compromisso entre as necessidades de negócio e as expectativas dos utilizadores. O design de produto baseia-se na análise de negócio, na pesquisa, na psicologia, no marketing e no desenvolvimento de software: é muito mais do que “desenhar píxeis bonitos”.

Faz perguntas e permanece curioso

A falta de comunicação interna é das piores coisas que podem acontecer no desenvolvimento de produtos, pois facilmente surgem erros e desvios, e o designer de produto digital deve ser a pessoa que “põe o nariz” em todos as áreas para garantir o melhor resultado. A comunicação externa, também faz parte e é infindável: conseguir que os utilizadores estejam cientes das suas necessidades acaba por ser um processo contínuo que ajudará o Digital Product Designer a ter novas ideias e insights.

É um defensor dos utilizadores e um analista de negócios

O primeiro desejo de um Digital Product Designer é o de conhecer melhor os seus utilizadores e, para isso, participa em dezenas de entrevistas com estes e analisa milhares de respostas.

Todavia, do outro lado, há um negócio com o qual o Digital Product Designer está envolvido. Espera-se que este profissional melhore o produto de uma forma que ajude a gerar ainda mais lucro e ROI. Portanto, é necessário encontrar um equilíbrio perfeito entre os seus recursos, prazos e orçamentos para criar o melhor produto do ponto de vista dos utilizadores. Porque construir essa ponte entre as necessidades do utilizador e as metas de negócios poderá tornar-se o seu desafio diário.

Não esquecer o design: continua a ser importante

Agregando as necessidades e os desejos dos utilizadores com os requisitos de negócio, cria-se a interface do produto. Neste ponto implementam-se as melhores práticas de UX&UI Design, sendo a interface o ponto de encontro entre a empresa e o público-alvo. É importante que o Digital Product Designer:

  • Se concentre na clareza visual.
  • Torne a navegação fácil.
  • Garanta a consistência do layout.
  • Reforce o design adaptável.
dicas-product-designer-sucesso-edit-blog

Dominar o copywriting para melhorar o design

É o conteúdo que determina o layout e o design de qualquer produto. No design de produto, o copy é a chave para uma melhor comunicação. As palavras são a melhor forma de transmitir ideias, explicações, instruções e CTA (call to action).

Deste modo o Digital Product Designer deve aumentar as suas skills de copywriting para usar este poder ao máximo e desenhar melhores produtos digitais.

Alavancar o poder da narrativa

Atualmente estamos cercados de histórias, quer nos filmes, programas de televisão, publicidade e até nas conversas com amigos. Qualquer história pode tornar-se especialmente poderosa quando ressoa as necessidades e desejos de alguém. Neste caso, traz satisfação e deixa um impacto emocional profundo, sendo este o tipo de efeito que o Digital Product Designer deve querer entregar com o seu produto.

Para utilizar o storytelling é importante prestar especial atenção ao percurso do utilizador, the user journey: cada etapa que os utilizadores realizam para chegar à solução pode ser tratada como um capítulo da história.

Objetivo bem definido e planeamento

Para se obter sucesso é preciso ter um objetivo claro e um plano adequado. O Digital Product Designer pesquisa, coopera e comunica com outras equipas, aperfeiçoa e corrige diferentes coisas, adiciona novas funcionalidades e otimiza as existentes, projeta interfaces e faz muitas outras coisas simultaneamente.

Por isso, é impossível acompanhar o trabalho sem planear.

Por vezes, optar pelo minimalismo

Um Digital Product Designer pode encontrar-se por vezes num ambiente de total incerteza: ter ainda uma série de questões e sem certeza das decisões que deve tomar. Nestes casos, deve-se seguir a regra “Menos é mais”:

  • Não complicar as coisas.
  • Cortar tudo o que pode ser confuso para os utilizadores.
  • Se um elemento causar mais perguntas do que respostas, retirá-lo.

Complexidade desnecessária pode destruir as interfaces, e deve-se ter sempre em consideração que o primeiro e principal objetivo é entregar uma mensagem. Claro que o design minimalista não deve ser usado em tudo, mas por vezes pode ser uma tábua de salvação, numa situação crítica.

Esperamos que estas dicas possam ajudar-te a tornar um Digital Product Designer de sucesso! Boa sorte 🙂

Fonte

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA