Newsletter
Menu
Pesquisa

Bruno Araújo
Tutor

entrevista

3 votos

Bruno Araújo
Tutor

Bruno Araújo, Front-end Developer na Blip.pt, é tutor do Workshop React Foundations na EDIT. Porto. Partilha, nesta entrevista, a importância de aprender React e ainda a sua opinião sobre o mercado de trabalho da área do desenvolvimento e tendências.

A disciplina de product design será cada vez mais responsável pela inovação, descoberta e modelação do produto que permitirá entregar valor aos users em forma de experiências digitais e não só!

E.

Fala-nos um pouco sobre o teu percurso académico e profissional, e como é que chegaste à Blip.

B

Tirei licenciatura em Ciências da Computação na Universidade do Minho e posteriormente mestrado em Engenharia Informática também na Universidade do Minho.

Profissionalmente trabalhei em investigação na mesma universidade numa componente virada para a melhoria de performance das aplicações. Após terminar o mestrado acabei por concorrer e entrar na Blip como Front-end Developer, abraçando esta aventura que são as tecnologias mais viradas para a web e aplicações móveis.

E.

Como é um dia de trabalho teu?

B

Regra geral o trabalho está mais ou menos definido para cada duas semanas. Por isso quando estou a caminho do escritório já vou a pensar como irei abordar e resolver o que tenho para fazer durante o dia. Claro que durante o dia vão aparecendo interrupções para resolver problemas pontuais e/ou ajudar outros colegas. Tento chegar cedo e sair cedo.

E.

O que consideras ser mais desafiante na tua profissão?

B

A obrigatoriedade de estarmos sempre a aprender e o facto de muitas vezes ser necessário fazer coisas que nunca fizemos antes. Não há nada mais desafiante do que procurar soluções para os nossos problemas e forma de melhorar a maneira como resolvemos um problema. Isso também leva a que na maior parte das vezes não estejamos contentes com a forma como solucionamos algo, o que obriga a um constante desafio e procura por evoluir.

E.

De forma breve, explica-nos em que consiste o React e porque é importante.

B

React é uma biblioteca para interfaces web que veio melhorar a performance das aplicações web e mobile. Tem uma forma de pensar e estruturar o código diferente do que se utilizava anteriormente em Javascript e por isso é que tem uma curva de aprendizagem não tão rápida como outras frameworks e bibliotecas. O que o React trouxe de importante foi a mensagem de que é vital separar as aplicações em componentes para ser mais fácil manter o código, o que considero um ponto importante e que é das regras basilares para se fazer uma aplicação. Facilita e muito o desenvolvimento e manutenção das aplicações.

E.

Na tua perspetiva, como se encontra o mercado de trabalho na área do desenvolvimento? E quais serão as tendências na mesma?

B

Atualmente está numa fase excelente e com muitas oportunidades para quem é da área. Acho que nos próximos anos a tendência será aumentar e não cair, porque hoje em dia tudo assenta nas tecnologias e ainda temos imenso para evoluir e descobrir.

O desenvolvimento será certamente uma excelente aposta para os próximos 10 a 20 anos, depois disso já acho arriscado fazer um prognóstico tão cedo.

E.

Podes destacar alguns projetos/websites que sejam bons exemplos a seguir?

B

Um site que ensina bastante como se deve estruturar as aplicações é o 12factor, não tem código propriamente dito mas ensina muito. É um site que gosto de recomendar. Depois para seguir bons exemplos, gosto bastante do AirBnB. É um site rápido, bem desenhado e com uma UI extremamente simples e intuitiva.

E.

Que recursos/plataformas utilizas, e quais aconselhas para quem quer aprender mais um pouco sobre Front-end?

B

Aconselho vídeos de todas as conferências JSDay. São conferências com muito conteúdo e que na maior parte das vezes apresentam as tecnologias que se vão falar nos próximos 2 ou 3 anos.

Para aprender uso vídeos de conferências conhecidas na área de Front-end e o site Medium, que tem imensos artigos e tutoriais.

E.

Que expectativas tens para o Workshop React Foundations na EDIT. Porto? De que forma o pretendes lecionar?

B

Espero que no final toda a gente seja capaz de fazer uma boa aplicação em React, bem estruturada e com código limpo.

Gosto de ensinar com uma forte componente prática, porque acredito que aprendemos é quando “metemos as mãos na massa” e batemos nos problemas. Em teoria tudo parece fácil, quando temos que fazer é que os verdadeiros problemas aparecem e é aí que na verdade evoluímos no uso de alguma ferramenta.

E.

Na tua opinião, quem deseja ir para área de desenvolvimento, que características/skills deve ter, e que passos deve tomar?

B

Deve ter muita vontade de aprender e humildade para ouvir os mais experientes. É necessário também muita capacidade de trabalhar e aprender sozinho, porque todos os dias há coisas novas para procurar e sobre as quais devemos investigar a fundo.

Trabalho de equipa é muito importante, mas o tempo que estamos sozinhos a aprender alguma tecnologia também tem que ser bem aproveitado, porque aquilo que temos para ler e aprofundar é vasto.

E muito importante: nunca desistir; mas isso é válido para todas as áreas da sociedade.