Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

03

Setembro

20

Social Media

TikTok a Rede Social que veio para ficar

O TikTok é a mais recente aplicação que está a ganhar espaço dentro das redes sociais. Estudos realizados no início do ano 2020 destacam os resultados alcançados pela aplicação que,  comparativamente com as restantes redes sociais na sua fase de aparição, e em Janeiro de 2020 estava no top 10 das App mais utilizadas em todo o mundo com mais de 800 milhões de utilizadores.

Ao analisarmos este crescimento numa rede social tão recente, verifica-se que a mesma está a posicionar-se para a permanência e a chamar a atenção das marcas que já começam a pensar em incluir este canal nas suas estratégias de marketing.

 

Mas afinal o que é o TikTok?

O TikTok é uma rede social mobile que se distingue das outras pelas suas funcionalidades focadas na criação e partilha de vídeos de entretenimento que tem uma duração média de 15 segundos. Curtos e bem humorados serão as características que podemos encontrar como transversais ao conteúdo dos TikTokers.

 

O TikTok foi criado para fazer parte do dia-a-dia dos utilizadores que, em poucos segundos, conseguem criar e partilhar vídeos divertidos.  Esta rede social foca-se como nenhuma outra no UGC ( User Generated Content). O algoritmo vai aprendendo com o consumo de conteúdo e apresentar novas sugestões aos utilizadores, não sendo assim necessário seguir outra pessoa para conseguires visualizar o seu conteúdo.

 

Um dos conteúdos mais utilizado e conhecido nesta rede social é o Lip Sync. Aqui o utilizador sincroniza o movimento dos lábios com um dialogo ou musica escolhida por si. Outros conteúdos também muito populares são os challenges e os vídeos de reações que têm ganho tração e que, no caso dos primeiros, são aqueles que maior trabalho de construção da presença da marca no canal permitem.

Como já foi referido, a maior parte dos conteúdos desta rede social são de entretenimento, mas também existem conteúdos didáticos e informativos. Um exemplo disso é uma secção existente dedicada somente ao COVID-19, que reencaminha todos os links de páginas institucionais de vários países para que os utilizadores se possam informar no seu idioma sobre as medidas e atualidade do coronavírus.

Outra secção bastante interessante é o TikTok for Good, onde o principal objetivo é inspirar os mais jovens a apoiar uma causa.

Esta é uma plataforma com um público atualmente bastante jovem e sem surpresas. As novas tendências de Social Media tendem a nascer pelas mãos dos utilizadores mais novos, aumentando a idade média gradualmente – veja-se o que aconteceu com o Facebook e com o Instagram, mais recentemente. No entanto, e em Portugal, a idade média dos utilizadores já aumentou significativa face ao início do ano, como consequência de uma procura por conteúdos de entretenimento num período de quarentena como o que atravessamos recentemente.

Não nos podemos esquecer que estas gerações mais novas crescem dentro de uma rede social e é bastante interessante por parte das empresas acompanhar este crescimento e deixarem a sua “marca” neste público que se pode tornar um futuro cliente/consumidor.

Mais recentemente, novos desafios de enquandramento legal e ético têm vindo a desafiar a continuidade da aplicação em algum dos seus mercados chave. No entanto, sabemos que, de momento, os potenciais consumidores estão lá. Assim, devemos  ou não estar no TikTok?

Descobre tudo com o Workshop de TikTok Marketing for Business em formato Remote Learning.

 

Fonte.

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA