Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

25

Janeiro

18

Marketing Digital

Ser um Digital
Art Director

Um Digital Art Director está presente em todo o processo de conceção e desenvolvimento de ideias, em conjunto com a equipa criativa. Ajuda a formar e criar uma estratégia de design e comunicação digital para testar conceitos e está sempre atualizado sobre tecnologia e tendências.

Regra geral, o Digital Art Director tem a responsabilidade de gerir uma equipa colaborativa de designers, que poderão ter diferentes especializações ou diferentes responsabilidades. Assim, uma das principais funções a desempenhar pelo Digital Art Director será gerir e guiar a equipa através das especificações técnicas do cliente e dos contributos criativos de todos.

De uma perspetiva mais funcional, esta é uma figura que está em estreita articulação com o cliente, seguindo as suas diretrizes, e é a ele que são constantemente solicitadas ideias inovadoras e criativas. É necessário criar diferentes conceitos e designs para os diferentes projetos e também a gestão com outros elementos que não a equipa de design. Tal função é fundamental, tendo em conta que se revela necessário dar “voz” às peças de design e assim estabelecer coordenação com as equipas de marketing, copywriters, etc..

Esta é, por isso, uma profissão desafiante, e ainda mais no digital, visto que tudo acontece a uma velocidade estonteante. Assume-se como um cargo exigente e, claro, um pouco stressante, mas também muito compensador se considerarmos que se pode dar vida àquilo que são as peças artísticas da equipa.

Algumas das skills pedidas em anúncios de recrutamento para Digital Art Directors são a capacidade de desenvolver soluções de design orientadas à experiência do utilizador, dirigir o workflow da equipa criativa, desde a conceção à execução, e dar o devido acompanhamento no que diz respeito à qualidade dos projetos.

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA