Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

23

Abril

19

Social Media

108 votos

O Content Marketing em 2019

Já há muito tempo que ouvimos o ditado que diz “o conteúdo é rei”. O mesmo estende-se a todos os setores e a qualquer empresa que tente alcançar e informar os seus clientes. Para que a publicidade funcione num determinado público-alvo, deve haver algo que os atraia logo de início.

No mundo da Internet, o Content Marketing tornou-se uma ferramenta eficaz e de extrema importância, principalmente se as marcas e empresas criarem conteúdos que vão além do seu negócio: se abordarem tópicos que já são do interesse do público. Além disto, o conteúdo tem aumentado o seu valor e utilidade graças aos ajustes e desenvolvimentos feitos nos algoritmos de busca, no âmbito digital.

Para tirar o máximo proveito do marketing de conteúdo, devem-se ter em consideração os seguintes pontos, apresentados pelo Digital Marketing Institute.

O valor é o principal objetivo

Os consumidores procuram conteúdo fiável para se poderem informar e validar as suas decisões de compra. Por isso, este conteúdo, pode ser dividido em três tipos, com base no benefício para o mercado-alvo da empresa:

Informativo

O propósito aqui não é necessariamente ajudar o consumidor a atingir um objetivo específico, mas ensinar a um consumidor algo interessante ou novo que possa ter uso no futuro, mesmo que não aconteça agora.

Entretenimento

Pensando nas pessoas divertidas que interagem e partilham memes ou vídeos, ou o tipo de coisas que se tornam virais e são consumidas por milhões de pessoas em todo o mundo, leva-nos a concluir que o entretenimento, quando bem feito, tem alto valor. Contudo, não vale a pena ambicionar tornar algo viral, mas sim envolver o público verdadeiramente com um conteúdo atrativo.

A preocupação da distribuição 

Depois de criar um bom marketing de conteúdo, onde se insere? Os clientes sabem onde podem encontrá-lo? Sabem que existe? As noções básicas de marketing dizem que se deve colocar o negócio no site e nas redes sociais, para criar consciência, mas deve-se sempre certificar de que o conteúdo em si está a receber o mesmo foco e consideração como os seus produtos e esforços de marketing. Assim, idealmente deve ser criado um lugar onde os artigos, vídeos, podcasts e outros conteúdos possam ser facilmente encontrados. De seguida, comunicar de forma a garantir que os clientes conhecem esta biblioteca de recursos.

Conteúdo é publicidade

 Uma das vantagens mais significativas do Content Marketing é que pode funcionar como um anúncio disfarçado. Pois há algo muito importante a ter em conta: 615 milhões de dispositivos utilizaram o software AdBlock no ano de 2017, e esse número tem vindo a aumentar. Então, quando se cria um anúncio, banner ou outro tipo tradicional de publicidade na internet, milhões de pessoas não o veem.

No entanto, com o marketing de conteúdo, o próprio conteúdo é a publicidade, o que significa que é preciso criar conteúdo para além dos anúncios. Blogs, artigos, podcasts e vídeos são os melhores formatos para anunciar de uma maneira subtil.

O vídeo

Se o conteúdo é rei, o rei dos reis é indiscutivelmente o vídeo. Novos estudos indicam que, em 2019, 80% do tráfego geral da internet do consumidor será a visualização de vídeos, que inclui vídeos pré-gravados ou streaming de vídeos ao vivo.

Sem dúvida que o vídeo é uma das melhores formas de chamar a atenção para o marketing de conteúdo, pois é fácil de ser consumido. Este formato permite também combinar os três benefícios do conteúdo valioso: é útil e informativo e ao mesmo tempo divertido. Para empresas que estão dispostas a investir numa boa equipa de produção e num conjunto de equipamentos, o vídeo pode ser uma ótima maneira de criar conteúdo com rapidez, regularmente.

Transmissões de vídeo ao vivo, especialmente com influenciadores sociais, podem rapidamente estabelecer um relacionamento com os clientes e mantê-lo. Existem dois tipos de conteúdo de vídeo que são especialmente úteis para os clientes:

Depoimentos

Da mesma forma que as reviews dos utilizadores são das pesquisas mais recorrentes, os depoimentos em vídeo podem ser ainda mais procurados. Ao mostrar a outros clientes a forma de utilização e aspetos positivos de determinado produto ou serviço, inspira-se a confiança do consumidor.

Tutoriais ou demonstrações

As pessoas estão sempre interessadas em aprender coisas novas e garantir que uma compra que façam valha a pena. Artigos detalhados podem ser muito esclarecedores mas, por vezes, especialmente quando envolvem uma ação, é melhor utilizar um vídeo. Assim, devem ser criados e/ou partilhados vídeos com ações, animações e explicações, para reforçar a aprendizagem.

Deve-se certificar, sempre, que qualquer publicidade ou campanha de marketing seja secundário e que o cliente não seja perseguido de uma forma agressiva. Os vídeos devem criar confiança, e o valor do conteúdo deve ter precedência sobre a promoção de produtos ou serviços.

A importância da integração SEO

Enquanto o conteúdo é, em última análise, o que o cliente usa, boas práticas de SEO ainda são o que permitiram que esses consumidores encontrassem o conteúdo, se tiverem realizado uma pesquisa geral num motor de busca.

Embora o SEO seja importante para os utilizadores “convencionais” em desktops e laptops, a pressão para priorizar a pesquisa mobile e o consumo de conteúdo continuará em 2019, e será destacada ainda a otimização da pesquisa por voz. As regras e práticas deste tipo de pesquisa ainda não estão bem definidas, e irão ocorrer mais ajustes e experimentações, sendo um território que os profissionais de Marketing Digital vão querer ficar atentos.

Social Media: a melhor opção para partilha

O Social Media tornou-se um dos meios mais importantes de comunicação e entretenimento para o público em geral. Plataformas de social media como o Facebook, Twitter, Instagram, Pinterest e muitas outras, são onde as pessoas estão digitalmente nos dias de hoje. Sendo que até mesmo os sistemas de apoio ao cliente estão a migrar para as redes sociais.

O-Content-Marketing-em-2019-1000x6673

Mas o marketing digital geral não se limita ao Social Media. Os vídeos podem ser publicados em qualquer lugar, seja no YouTube, Facebook, Instagram, Pinterest ou diretamente no site da empresa. No entanto, outros tipos de marketing de conteúdo, como artigos de blog e fotos, ainda são promovidos com sucesso nas redes sociais ou vinculados a sites mais completos. Uma combinação de uso adequado de Social Media, a seleção criteriosa de legendas, tags e imagens de capa, além do engagement consistente com os consumidores, irão proporcionar ótimos resultados para as campanhas de marketing de conteúdo.

Assim, podemos concluir que a única coisa que nunca deve ser esquecida é a base do conteúdo: qualidade. Quando se cria uma reputação de produzir conteúdo de alta qualidade, ela atrai novos e repetidos espetadores. A qualidade é a parte mais atrativa do conteúdo, e o mercado irá compensar com novos clientes e um maior sucesso!

Fonte.

108 votos

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA