Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

12

Novembro

19

Marketing Digital

E-commerce business. A tendência do presente.

Os negócios criados sob um modelo de Ecommerce são hoje uma tendência que preside a muitas decisões de gestores de pequenas e grandes empresas.

Uma loja online permite vender produtos e serviços para clientes em todo o mundo, quebrando barreiras geográficas e aproximando retalhistas e clientes que de outra forma nunca teriam a possibilidade de se relacionar.

Para os clientes há também muitas vantagens associadas à compra online. Os clientes valorizam por exemplo a facilidade de comparação de preços, a redução do tempo ocupado com as compras, a ausência de filas, o acesso simplificado a uma maior variedade de produtos e o acesso frequente a promoções.

Apesar de parecer simples, montar um projeto de Ecommerce de raiz obedece a um planeamento rigoroso, que passa por diferentes etapas ao longo do tempo. Habitualmente tudo começa com a escolha das marcas e produtos que queremos vender, com identificação dos concorrentes e com a decisão sobre os mercados para os quais vamos vender. Esta definição base estratégica é muito importante e permite que todo o projeto de Ecommerce seja criado de forma estruturada.

Há várias tarefas a desenvolver até ter a sua loja online aberta ao mundo. Algumas destas tarefas core são: a definição da estrutura do catálogo de produtos e de navegação, os meios de pagamento, os transportes, a escolha da plataforma de Ecommerce e o respetivo desenvolvimento, o webdesign, as ferramentas de marketing e de publicidade digital, a criação de conteúdos, a análise de dados e claro o cumprimento das obrigações legais.

Para desenvolver um negócio de vendas online é importante dominar um conjunto de competências e técnicas para evitar perdas e acelerar o lançamento e crescimento do negócio.

Associado à venda num determinado mercado/país (mesmo um mercado local) deve ser criado um plano de marketing que suporte essa estratégia e dê a conhecer o negócio, os produtos e a loja online. O plano de marketing pode definir meios e ferramentas de marketing digital mas pode (e deve) também identificar outros meios (offline) para criar notoriedade e gerar tráfego. Tal como acontece numa loja física, ter uma loja online aberta ao mundo não é um garante de sucesso.

Na Europa as vendas online crescem a um ritmo de aproximadamente 15% ao ano, prevendo-se que atinjam cerca de 621 milhões de euros em 2019 (fonte: Ecommerce Europe). Esta é claramente uma oportunidade que devemos agarrar, desenvolvendo o nosso negócio de vendas online para que possa crescer de forma sustentada conquistando novos mercados e novos consumidores.

No Workshop Ecommerce Fundamentals todos estes temas serão abordados com um equilíbrio entre a teoria e a prática.

https://edit.com.pt/wp-content/uploads/2019/12/Entrevista-Blog-Template.jpg
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA