Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

09

Outubro

19

Digital Design

24 votos

Digital Product Design: o que é?

O Design é vasto. Tem centenas de definições, muitas subdivisões e departamentos tanto nas grandes como pequenas empresas, e cada uma com a sua própria semântica, metodologia e valores.

O crescimento das empresas de software, em particular, fez com que muitas linhas tenham ficado algo “desfocadas” – novos departamentos estão continuamente a ser criados, antigos estão a ser fundidos, e existe uma confusão geral acerca do que os designers fazem na realidade. Designers industriais, designers gráficos e arquitetos estão a ser atraídos pela crescente importância da indústria de software, enquanto que outras áreas estão a tornar-se excessivamente saturadas ou desvinculadas do público em geral.

Portanto, quando se fala sobre design de produto ou metodologia, estamos a falar de um processo impressionante e interativo para solucionar um problema funcional com uma solução formal. Deste modo, o que faz na realidade um designer? É fácil pensar num designer de software como um espectro de tarefas.

Dependendo do tipo de empresa para a qual se trabalhe, este espectro pode-se estender desde as etapas iniciais da estratégia de negócio e user research até ao design visual e implementação em front-end. Pode-se dizer que quanto maior for a porção deste espectro no qual a equipa de design esta envolvida, mais orientada para o design a organização se encontra.

grafico

Estratégia e Pesquisa

Business Strategy e Design Research têm uma sobreposição considerável, o que torna difícil a definição de cada uma assim como as equipas de produto, vendas e marketing.

  • Market Research – pode incluir análises de competitividade, integração do produto no mercado ou simplesmente Product Strategy com tendências de mercado e espectativas.
  • User Research – ajuda a reunir informação acerca de como os consumidores desempenham tarefas, expectativas e oportunidades de melhoria através de entrevistas, grupos de foco, inquéritos e observação contextual.
  • Entrevistas a Stakeholders – são muito importantes em software corporativo, onde a perspetiva da gestão pode ajudar a informar acerca de decisões de produto baseadas em necessidades operativas, assim como necessidades do consumidor.

Definição do produto

Definir um produto significa transformar o pensamento do design e pesquisa de negócios em requisitos para o produto.

  • User Personas – faz a utilização da perspetiva, objetivos e características psicográficas dos utilizadores.
  • Feature Definition – estabelece um conjunto preliminar de recursos centrados em tarefas que o utilizador pode concluir com a aplicação.
  • User Flows – estabelece em detalhe os passos que o utilizador vai ter que fazer para concluir diversas tarefas – eles explicitam os recursos definidos.

Iteração

Assim que uma direção inicial para o produto está estabelecida, o conjunto de recursos e fluxos são transformados em esboços preliminares, os chamados wireframes. Estes são então desenvolvidos até que um conjunto de critérios sejam cumpridos, como através de testes internos com utilizadores ou por meio de feedback de clientes.

Execução

Com a framework da aplicação estabelecida e os critérios preenchidos, o Visual Design final e o desenvolvimento do Language Design cimentam a usabilidade e estabelecem as características emocionais do produto.

Alguns dos papéis desempenhados por Product Designers dentro de grandes empresas são os seguintes:

  • Strategists – Trabalham em contacto com os clientes e com os departamentos de vendas e marketing para assegurarem que o produto será útil tanto para a empresa como para o utilizador. Strategists encontram os problemas que valem a pena resolver.
  • Design Researchers – são o link essencial que procura a interseção das necessidades do negócio e as necessidades, valores e objetivos do consumidor. Design Researchers validam o problema proposto e começam a formar soluções.
  • Interaction Designers – testam as soluções transformando-as em protótipos com um conhecimento de elementos e padrões de interface.
  • Usability Experts – testam o comportamento do utilizador e adaptam a solução à forma como este pensa e utiliza o software.
  • Visual & Motion Designers – Têm como objetivo provocar uma resposta emocional a um produto e reforçar os valores da marca.

Como podemos concluir, o Product Design é extremamente amplo, e tem um papel mais estratégico do que se imagina. Não se limita simplesmente ao processo de fazer com que um produto seja mais atrativo: Product Design é todo o processo, o que inclui a validação do problema, como também a criação, o design, os testes e o envio da solução.

Fonte.

24 votos

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA