Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

31

Janeiro

19

Digital Design

38 votos

Design Thinking: uma forma inovadora de pensar e resolver problemas

Hoje em dia, muitos profissionais como designers, engenheiros ou business owners, encaram problemas bastante diferentes, em comparação com os desafios das últimas décadas. Num mundo crescentemente globalizado, as mudanças em áreas como a economia e recursos naturais fazem-se facilmente sentir, e para resolver a nova onda de problemas é necessário um novo tipo de pensamento e abordagem que passe pela inovação.

design-thinking-resolver-problemas-1

Podemos encontrar o Design Thinking nessa abordagem pois permite que pessoas, equipas e organizações, tenham uma perspetiva centrada no ser humano, e também uma abordagem científica, no sentido de resolver um problema. Deste modo, que problemas pode o Design Thinking ajudar a resolver? A Interaction Design Foundation ajuda-nos com esta questão: é adequado para lidar com uma ampla gama de desafios e é a melhor solução para trazer inovação, dentro dos seguintes contextos:

  • Redefinição de valor
  • Inovação centrada no ser humano
  • Qualidade de vida
  • Problemas que afetam diversos grupos de pessoas
  • Se envolve múltiplos sistemas
  • Mudança de mercados e comportamentos
  • Lidar com mudanças sociais ou de mercado rápidas
  • Questões relacionadas com a cultura corporativa ou nova tecnologia
  • Reinventar modelos de negócios
  • Desafios da sociedade complexos e não resolvidos
  • Cenários que envolvam equipas multidisciplinares
  • Iniciativas empreendedoras
  • Avanços educacionais / médicos
  • Se é necessária inspiração
  • Problemas que os dados não podem resolver

Uma abordagem holística aos desafios

O Design Thinking é mais adequado para resolver problemas onde múltiplas esferas colidem, na interseção entre negócios e sociedade, lógica e emoção, racionalismo e criatividade, necessidades humanas e procura económica, sistemas e indivíduos. Pode, assim, resolver problemas simples e que tenham soluções típicas e conhecidas, procurando um meio inovador de resolver o problema.

design-thinking-resolver-problemas-3

Não é apenas um processo ou conjunto de etapas

No entanto, o Design Thinking não deve ser entendido apenas como um processo ou método para resolver um conjunto de problemas. É também uma mentalidade que pode ser aplicada em quase todos os cenários em que a inovação ou o pensamento são diferentes. Pode, igualmente, ser combinado com outras metodologias, estratégias de negócios, modelos de inovação social e práticas de gestão, mudando de acordo com o contexto e utilizando ferramentas e técnicas de outras disciplinas.

É sobre inovação centrada no ser humano

O Design Thinking funciona melhor em situações onde é preciso dar sentido humano às coisas, abordando os desafios de forma a que melhor atendam às necessidades humanas, independentemente da escala do desafio. Uma abordagem conformista, controlada, técnica ou linear não é capaz de lidar com as necessidades complexas e sensíveis da sociedade moderna. Começa com uma intenção, um desejo, uma necessidade ou anseio por uma circunstância ou estado melhor. O Design Thinking dá-nos as ferramentas para explorar O que poderia ser.

design-thinking-resolver-problemas-2

Lida com as perturbações na sociedade

Desde a época da Revolução Industrial, os analistas têm elaborado estratégias para simplificar todos os negócios, produção e processo económico, com o objetivo de extrair o máximo benefício de uma menor quantidade de tempo e recursos. Embora possa ter tido algum grau de sucesso ao nível de produtividade e eficiência, a receita para essa inovação tem sido um enigma.

E é aqui que o Design Thinking entra em cena, com uma nova abordagem centrada no ser humano, que muda radicalmente a forma como exploramos os problemas e encontramos soluções para os mesmos, ajudando-nos a romper com os velhos moldes e proporcionando um novo olhar para o mundo ao nosso redor.

Concentra-se em seres humanos, não em utilizadores

A fim de permanecerem relevantes, empresas e organizações lutam pela atenção do público ao mais alto nível, numa altura em que a sobrecarga de informação atinge o seu pico. Muitos consumidores selecionam as poucas opções que falam diretamente sobre as suas necessidades e experiências humanas.

design-thinking-resolver-problemas-4

Tal facto levou à proliferação, nos últimos anos, das abordagens de Human-Centred Design e Design Thinking, abordagens para negócios e inovação social que evidenciam as necessidades humanas e a experiência como principais fatores motivadores. Assim, devem ser encontradas soluções inovadoras que consigam acompanhar as grandes problemáticas que afetam os Recursos Humanos, Energia, Sustentabilidade, Educação, Instabilidade Política, e todo um conjunto de outros desafios que já existem, cujas práticas e processos de gestão não conseguem separar.

O Design Thinking oferece assim um meio para lidar com toda essa mudança de uma maneira mais centrada no ser humano. Para abraçar o Design Thinking e a Inovação, precisamos de garantir que são criadas as mentalidades certas, selecionada a equipa apropriada e estabelecidos ambientes que estimulem a inovação. Estes são três dos aspetos essenciais da promoção da inovação bem-sucedida dentro das empresas, organizações e sociedade em geral.

Fonte

38 votos

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA
QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA