Newsletter
Menu
Pesquisa

DISRUPTIVE BLOG

05

Dezembro

18

UX

7 razões para aprenderes Swift

Programar pode mesmo ser stressante, especialmente quando se experimenta começar com uma linguagem arcaica. Neste âmbito, em 2014, a Apple teve a ideia de criar uma linguagem que facilitasse, aos novos developers, aprender a programar, mas que pudesse também simplificar a vida dos profissionais mais experientes.

Assim, criou o Swift, uma linguagem jovem e em relação à qual muitos programadores se tornaram céticos. Contudo, este ceticismo tem sido cada vez menor, pois considera-se que o Swift deve ser aprendido mais cedo ou mais tarde, mesmo pelos veteranos no código, que têm muito a ganhar ao aprender esta linguagem.

Ao longo dos anos muitas linguagens ambicionaram suavizar o processo de programar, ao oferecer sintaxe mais fácil de ler ou construir, em recursos que os programadores normalmente escrevem do zero. Mas esse tipo de linguagem geralmente produzia aplicações que eram executadas mais lentamente do que aquelas escritas em linguagens de programação mais difíceis. Neste sentido, o Swift tinha como objetivo combinar as features amigáveis para o programador com o desempenho.

Seguem-se 7 boas razões que podem convencer-te a aprender Swift:

1. É para Mac e Apps iOS

A linguagem Swift pode ser usada para criar aplicações para Mac e iOS, atuando como substituto para a já antiquada linguagem Objective-C, que era a única opção nativa para desenvolvedores de Mac e iOS até agora. Ao longo do ano de 2016, a App Store gerou aproximadamente 20 biliões de dólares em vendas para os desenvolvedores de aplicações nas plataformas Mac e iOS. Como a Apple detém 30% das vendas da App Store, estima-se que os utilizadores gastaram cerca de 28,5 biliões de dólares em aplicações naquele ano. Deste modo, o aconselhável é aprender um idioma, criar aplicações nas duas plataformas e aproveitar o crescente mercado das aplicações.

ios-swift-blog-first-steps-edit-3

2. É excelente para desenvolvimento rápido

Quando a equipa da Apple projetou o Swift, tinham duas grandes necessidades em mente: deveria ser fácil de aprender e promover um ciclo de desenvolvimento mais fácil e rápido para as aplicações. Quando comparado ao Objective-C, claro que o resultado foi de sucesso, pois o Swift tem todas as características de uma linguagem de programação moderna.

Veio eliminar muito da verbosidade sintática em Objective-C, facilitando a escrita e a leitura, levando a que se gaste menos tempo a escrever código para fazer a mesma quantidade de coisas que em Objective-C. Ao longo de todo um projeto, soma-se uma grande economia de tempo.

3. É rápido

Apesar de ser uma linguagem de alto nível focada no desenvolvimento rápido, o desempenho e a velocidade do Swift são bastante sérias. De acordo com a Apple, o Swift é até 2.6x mais rápido que o Objective-C e até 8.4x mais rápido que o Python 2.7. Eventualmente, os developers querem tornar a linguagem ainda mais rápida que o C ++, uma das linguagens práticas mais rápidas atualmente. E não é apenas rápido, mas é também poderoso e repleto de recursos de linguagem modernos que permitem a escrita de código avançado.

ios-swift-blog-first-steps-edit-3

4. É mais seguro

Muitas das mesmas características de linguagem que tornam o Swift mais rápido para codificar do que o Objective-C também o tornam mais seguro. Por exemplo, uma melhor gestão de memória significa menos oportunidades de alocar dados incorretamente, ter acesso a partes erradas da memória, alterar dados que não devem ser mudados, entre outros aspetos. Outro exemplo é o melhor tratamento de erros, o que significa menos falhas gerais e, quando ele falha, os cenários catastróficos são muito mais raros. Deste modo, o comportamento imprevisível é minimizado.

5. É grátis e open source

Um ano depois da estreia do Swift, a Apple tornou-o open source. Com este empreendimento, o Swift está nas mãos da sua comunidade. Os utilizadores comuns podem enviar correções de bugs e melhorias de recursos para o idioma, podem ajudar a levá-la para outras plataformas além do Mac e do iOS, e podem utilizar a linguagem se alguma vez descarrilarem e se “perderem no caminho”.

6. Está a crescer e tem uma grande procura

De acordo com o relatório Octupse 2017 do GitHub, o Swift é a 13ª linguagem mais ativa em todos os seus projetos open source. Mas, mais importante ainda, a procura de Swift como uma linguagem de “carreira” também está a crescer rapidamente, e se alguém quer ser um developer de aplicações, precisa de estar a par da mesma.

A TNW deu a conhecer que a procura de funcionários por developers de Swift subiu 600% no ano de 2016, com base nos dados fornecidos pela Toptal. Até ao deste ano, a Upwork informou que o Swift era a segunda skill que mais crescia no mercado de trabalho freelancer. E, na pesquisa do Stack Overflow de 2017, o Swift apresentou-se como a quarta linguagem preferida entre os developers ativos.

ios-swift-blog-first-steps-edit-4

7. É o futuro da Apple

O Swift é usado principalmente para desenvolver aplicações para Mac e iOS, mas nem sempre é assim: a Apple está constantemente a trabalhar em novas tecnologias e dispositivos, e essa linguagem certamente será usada em muitas dessas aplicações. A empresa está a avançar com a força total nesta linguagem, e se cresceu muito apenas em alguns anos, prevê-se que seja ainda mais importante nos produtos da Apple nos próximos tempos.

Concluindo, se alguém quiser acompanhar a Apple como software developer e não ficar para trás, precisará do Swift. Sabe mais sobre esta linguagem, no Workshop iOS & Swift: First Steps.

Fonte makeuseof.

Fonte wired.

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA

Temas
relacionados

QUERO PARTILHAR ESTA PÁGINA